GO Prunus Pós

Otimização de processos de armazenamento, conservação em frio, embalamento ativo e/ou inteligente, e rastreabilidade da qualidade alimentar no pós-colheita de produtos frutícolas


Resumo

A extensão da vida útil das frutas na pós-colheita é conseguida em grande parte pela utilização de refrigeração e pela adequada acomodação na embalagem. 

Descrição dos objetivos visados

1. Caracterizar experimentalmente o armazenamento, a conservação em frio convencional e o embalamento na pós-colheita da cereja e pêssego e estudar as técnicas inovadoras para este sector. 

2. Quantificar tempos e parâmetros de operação de referência nas diferentes etapas de conservação e armazenamento no sentido de estender a vida útil dos produtos frutícolas, recorrendo a avaliação experimental em câmaras de refrigeração com atmosfera controlada e embalagens com atmosfera modificada e simulação numérica.

3. Desenvolver uma ferramenta computacional provisional, que em função de diferentes parâmetros operativos e especificidade do processo, permita otimizar o tempo de permanência em cada etapa do processo de conservação e armazenamento, assegurando a qualidade do produto.

4. Desenvolver embalagens ativas ou inteligentes apropriadas à extensão da vida útil dos produtos frutícolas endógenos da região da Beira Interior recorrendo a novas tecnologias e materiais.

5. Desenvolver um manual técnico de recomendações para as condições ambientais de referência (temperatura, humidade relativa, composição da atmosfera, circulação de ar no interior das câmaras, entre outros) nas diferentes etapas do processo de armazenamento e conservação em frio dos produtos frutícolas endógenos da região da Beira Interior.

6. Desenvolver um manual de boas práticas para as técnicas e procedimentos adequados aos produtos frutícolas a observar no armazenamento e conservação em frio.

Resultados previstos

A otimização de processos de armazenamento, conservação em frio e embalamento inteligente na pós-colheita de produtos frutícolas endógenos, em particular da cereja e do pêssego da região da Beira Interior beneficia todos os intervenientes da cadeia de valor, desde o produtor com instalações de frio, passando pelas centrais de fruta de associações de agricultores, aos distribuidores e comercializadores. Este benefício é decorrente da extensão da vida útil dos frutos que é conseguida com: (1) a implementação de parâmetros de referência para as condições ambientais nas câmaras de conservação em frio; (2) a implementação de tecnologias e sistemas de refrigeração que proporcionam as técnicas e procedimentos mais adequados; e (3) a utilização de novas embalagens com design distinto, potencial integração de novas tecnologias e/ou consideração de novos materiais com propriedades termofísicas específicas e relação custo/benefício aceitável.

O desenvolvimento de uma ferramenta computacional de previsão obtida da análise dos resultados experimentais, permite aos seus utilizadores identificarem de forma expedita quais os tempos de permanência dos frutos das diferentes etapas do armazenamento refrigerado tendo em consideração os valores dos parâmetros ambientais. Estes resultados auxiliam na tomada de decisão de produtores, distribuidores e comercializadores sobre a melhor estratégia para extensão da vida útil dos frutos, com potenciais ganhos ao nível de rentabilidade.

Os manuais técnicos elaborados visam incrementar a transferência de conhecimento dos resultados da investigação para os intervenientes do setor. Diversas ações de promoção, divulgação e disseminação de resultados serão realizadas no decurso da iniciativa no sentido de promover a transferência de conhecimento.

Política de Privacidade

Todos os dados recolhidos são para exclusiva utilização por parte do GO na gestão das iniciativas a que se destinam, sejam elas, workshops, seminários, conferências, encontros, ações de formação, feiras, ações de divulgação, dias de campo, jornadas técnicas, balanços de campanhas, serviços e faturação. Não fornecemos dados pessoais a terceiros. Todos os dados recolhidos são os estritamente necessários para a organização dos eventos mencionados, serviços e faturação.

Termos e Condições

Ao participar nas nossas iniciativas e serviços, deverá manifestar o seu consentimento para a recolha e tratamento dos seus dados para fins de organização e/ou faturação. Algumas iniciativas pressupõem a captação de imagem (fotografia e vídeo) para necessidades de registo, e /ou divulgação de caracter científico ou de utilidade pública. Essa informação será sempre disponibilizada nos formulários de inscrição sendo a sua aceitação solicitada nos mesmos. A divulgação das nossas iniciativas e eventos é feita através dos nossos websites, nas nossas newsletter e no Facebook.

Cookies

Os nossos websites usam cookies para fins de facilitação da navegação nas páginas. Os cookies são ficheiros que armazenam informações no disco rígido ou browser do utilizador, permitindo que os websites o reconheçam e saibam que já os visitou anteriormente. O utilizador pode configurar o seu browser para recusar os cookies, porém nesse caso, os websites ou partes dos mesmos podem não funcionar corretamente.